Sinal verde para transformação da Avenida Maysa

0
934
Prefeitura de Maricá foi autorizada a executar obras de recuperação da via, que deverão incluir pavimentação e urbanização

Uma das mais antigas reivindicações de quem mora ou transita pela Avenida Maysa – trecho da rodovia estadual RJ-102 que margeia a orla dos bairros de Guaratiba, Cordeirinho e Ponta Negra – começará a virar realidade a partir de agosto. O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio (DER-RJ) autorizou a Prefeitura de Maricá a executar obras de recuperação da via, que deverão incluir sua pavimentação e urbanização. O leito da estrada é alvo de constantes reclamações de motoristas e moradores, em razão do muitos buracos no piso em toda a sua extensão.

O ofício que autoriza as intervenções foi assinado no último dia 10 e diz, ainda, que o projeto para a via deverá passar por aprovação do DER-RJ e que sua execução será acompanhada por fiscais do órgão. De acordo com o secretário executivo de Infraestrutura de Maricá, Fernando Rodovalho, ele e o prefeito Washington Quaquá ainda irão se reunir para apontar as melhorias a serem feitas ao longo dos 12,5 quilômetros da avenida, que corta um total de 110 ruas transversais, parte delas já asfaltada. A medida, vale ressaltar, não interrompe o processo de transferência definitiva da avenida para o município. "Para nós o importante é refazer a via e essa autorização já permite que a obra seja realizada", avalia o prefeito. "Mas queremos a municipalização", acrescentou, referindo-se à aprovação, pelo governador Luiz Fernando Pezão, da indicação legislativa encaminhada pela deputada estadual Rosângela Zeidan. 

A expectativa é que o trecho da estrada receba urbanização com um novo asfaltamento, sinalização vertical e horizontal, além de uma ciclofaixa. Após as intervenções, a via deverá passar a integrar o sistema binário de trânsito da orla da região litorânea, com a nova pista sendo utilizada no sentido Barra de Maricá-Ponta Negra – o sentido oposto seria feito pela recém-urbanizada Avenida Reginaldo Zeidan (antiga Estrada Beira de Lagoa), que recebe as últimas intervenções no trecho entre as ruas 141 e Manoel Fonseca, já em Cordeirinho.

Desde o ano passado, a Prefeitura vem pleiteando junto ao governo do Estado que a administração deste trecho da RJ-102 passasse a ser feita pelo município ou que a gestão da via fosse compartilhada por ambos. O primeiro pedido havia sido enviado ao DER-RJ em janeiro de 2014 e, em março deste ano, o governador sinalizou que as conversas estavam avançando de maneira positiva. A declaração foi dada durante uma visita a uma obra realizada na altura do km 40,5 da RJ-106, na altura de Bananal. A indicação legislativa acelerou o processo.