Parte da praia de Ponta Negra segue interditada por tempo indeterminado

0
1173
Trecho de um quilômetro de praia na área de Ponta Negra em direção à Barra de Maricá continua interditado pela Prefeitura

O trecho de um quilômetro de praia na área de Ponta Negra em direção à Barra de Maricá, onde ocorre o vazamento de óleo por conta do encalhe da traineira Sinal da Cruz, continua interditado por tempo indeterminado. A decisão foi tomada pela Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal Adjunta de Ambiente e da Subsecretaria Municipal de Defesa Civil, na manhã de quinta-feira (22/01). A recomendação é que os banhistas não entrem na água e respeitem o isolamento, que foi feito por motivo de segurança. A Prefeitura reitera a necessidade de que o banho seja evitado em função da presença de combustível do barco na água.   

Desde o naufrágio, ocorrido há uma semana, a Prefeitura acompanha as tentativas de rebocar o casco, que estão sendo conduzidas pela Capitania dos Portos e por técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), e vem cobrando insistentemente por uma solução rápida que evite maior prejuízo ambiental para a cidade em plena estação turística.​