Prefeitura comunica à ANAC fechamento de aeroporto e retirada de aeronaves prossegue

0
1397
A Prefeitura de Maricá informou, nesta terça-feira, 17/09, à Agência Nacional de Aviação Civil, que determinou o fechamento do aeródromo municipal de Maricá em função da necessidade urgente de retomar o controle do espaço público e iniciar um reordenamento do local com vistas ao seu aproveitamento pela cidade.
Por meio de ofício (074/2013) entregue na sede da agência, na Avenida Presidente Vargas – protocolado sob o número 00065.131503/2013-02– a Prefeitura comunica que a medida foi tomada por decreto (171/2013) assinado pelo prefeito Washington Quaquá no dia 11/09, pouco depois do acidente com um avião de instrução no qual o piloto morreu e o aluno ficou ferido.  O decreto foi publicado na edição desta segunda-feira (16/09) do Jornal Oficial do Município. Com base nas atribuições delegadas dentro do convênio com a Secretaria de Aviação Civil (SAC), renovado por mais 35 anos em outubro do ano passado, a Prefeitura suspendeu, por tempo indeterminado, todo e qualquer trânsito de pessoal ou operação de natureza administrativa ou técnica nas dependências do complexo aeroportuário.
O ingresso de pessoas está sendo autorizado apenas para a retirada de pertences pessoais e bens, ou para a decolagem das aeronaves cujos proprietários receberam a autorização formal da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico – a quem o espaço público ali é vinculado. O movimento tem sido intenso, já que o aeródromo abrigava um número expressivo de aeronaves e pelo menos 30 delas já receberam o documento. “A procura tem sido grande e estamos facilitando essa retirada”, afirma o secretário Lourival Casula. Segundo a secretaria, a lista de aviões liberados engloba até o momento quinze empresas.
Para a retirada, o proprietário deve comparecer à sede da secretaria, no Paço Municipal, e apresentar comprovantes de propriedade da aeronave. A liberação é imediata, já que o fechamento do aeroporto não implicou na interdição da pista, medida técnica que cabe à ANAC fazer e que já está sendo devidamente solicitada.