Prefeitura de Maricá conclui curso de Direitos Humanos e Segurança pública

Capacitação para a Ronda Escolar contou com a participação de 31 guardas municipais da cidade

0
195
Foto: Clarildo Menezes

A Prefeitura de Maricá concluiu nesta terça-feira (26/07), na Escola Municipal de Administração Maricá (Emar), o curso “Direitos Humanos e Segurança pública: capacitação para a Ronda Escolar da Guarda Municipal de Maricá”, que contou com a participação de 31 guardas, entre eles Kleber Cardoso, que atua no grupamento de Ronda Escolar.

“A cadeira é da Guarda e não do guarda. Estar no grupamento segue o mesmo sentido. É importante para que estejamos preparados. Ser patrulheiro de ronda escolar, é acima de tudo um sacerdócio. Nós temos que ter a consciência de que o grupamento cuida do futuro do Brasil, de crianças e jovens. São eles que vão ditar como será o futuro da nossa cidade. Temos que contribuir para que esse futuro seja maravilhoso”, disse Cardoso.

Comandante da Guarda Municipal de Maricá, que está vinculada à Secretaria de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional (Seop), Jean Medeiros falou sobre a importância dos cursos que estão sendo disponibilizados e que agregam, não só na vida profissional, mas na vida pessoal de cada homem e mulher da instituição.

“É com muito prazer que alcançamos mais de 500 horas de capacitação. Isso fortalece a Guarda Municipal de Maricá. É uma vitória da instituição, porque antigamente não tínhamos capacitação. Aí ficávamos obsoletos. Queria esclarecer que essas capacitações não são direcionadas só para os grupamentos, mas para que todos os agentes possam prestar o mesmo serviço quando estiverem em determinadas situações, para que saibam como agir corretamente”, declarou o comandante da Guarda Municipal, Jean Medeiros.

Mediação de conflitos, policiamento comunitário escolar e roda de conversa

Quatro guardas municipais de Casimiro de Abreu fizeram questão de acompanhar, como ouvintes, a aula 13, realizada na manhã desta terça-feira, 26/07, sobre “Segurança Pública e mediação de conflitos: práticas para uma comunicação não-violenta”. Na parte da tarde, além de aprender sobre “Policiamento comunitário escolar”, o grupo de Maricá participou de uma roda de conversa. Entre os convidados estava a psicopedagoga e presidente do Conselho Comunitário de Segurança do Centro Histórico e Lapa, Maria João Gaio, que fez questão de parabenizá-los pelo trabalho que realizam na cidade.

“Vocês são clientes do próprio serviço que executam, então o trabalho de vocês tem que ser de excelência. Obrigada pelas palmas e eu aplaudo vocês também, da gloriosa Guarda Municipal de Maricá, porque essa sensação de segurança e esse trabalho tão importante que vocês fazem, de proteger famílias, é muito importante para todos nós. Temos que retribuir com um muitíssimo obrigado”, disse Maria Gaio.

Sobre o curso:

Ao todo, foram 42 horas/aula, em que os agentes aprenderam sobre assuntos relacionados à Ronda Escolar, como o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); violências cometidas com mais frequência contra crianças e adolescentes; agravos na saúde; bullying; e a importância da sociedade civil na integração aos conselhos municipais para o enfrentamento às violações de direito contra crianças e adolescentes.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here