A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, em conjunto com a Coordenadoria de Políticas Raciais, promoveu mais uma aula do curso preparatório para os estrangeiros obterem fluência na Língua Portuguesa e o certificado da Celpe-Bras. O curso gratuito acontece até o início de junho de 2022, com aulas a cada 15 dias e conta com alunos marroquinos, africanos, haitianos, franceses e venezuelanos.

Para o secretário de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, João Carlos de Lima (Birigu), as aulas são essenciais para dar atenção aos imigrantes.

“Esse curso marca um novo momento da nossa relação com os imigrantes. Temos a responsabilidade de dar total assistência para eles e, assim, auxiliarmos no diálogo com a nossa população”, afirmou.

“O curso é para todos os imigrantes. Aqui estamos auxiliando para que eles se comuniquem e entendam bem a nossa língua na hora de conseguir um emprego ou conversar com um brasileiro”, falou a coordenadora Valesca de Souza.

O haitiano Garry Ulysse falou sobre a oportunidade em aprender uma língua nova.

“Esse curso tem uma importância muito grande para que os estrangeiros entendam um pouco da Língua Portuguesa, facilitando na hora de conseguir um emprego e para que evoluam profissionalmente no Brasil. Além do mais, as aulas auxiliam na hora de tirar o certificado da Celpe-Bras”, disse o estrangeiro.

A professora de Português, Daniella Pessoa, que também atua no Pré-Enem Popular Iara Iavelberg, afirmou que o curso irá melhorar a relação dos estrangeiros com a população maricaense.

“Temos uma ferramenta de inclusão para os estrangeiros. Com esse curso poderão abrir oportunidades de trabalho, crescimento nos estudos e na relação com o povo de Maricá”, destacou.

O que é o Celpe-Bras

O Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) é conferido aos estrangeiros com desempenho satisfatório em teste padronizado de Português, desenvolvido pelo Ministério da Educação.

O exame é aplicado no Brasil e em outros países com o apoio do Ministério das Relações Exteriores.

Internacionalmente, o Celpe-Bras é aceito em firmas e instituições de ensino como comprovação de competência na Língua Portuguesa e, no Brasil, é exigido pelas universidades para o ingresso em cursos de graduação e em programas de pós-graduação.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here