Maricá promove I Grupo de Trabalho de Educação Integral

0
688

Diretores, coordenadores e professores da rede municipal de Maricá compareceram nesta quinta-feira (29/10), à casa de festas Palladon, no Flamengo, para prestigiar o I Grupo de Educação Integral de Maricá. O evento foi organizado pela Secretaria Municipal Adjunta de Educação em parceria com a Cultura. O objetivo foi debater a concepção da importância da educação integral no cotidiano dos alunos, além de ouvir sugestões e tirar dúvidas dos espectadores.

Na cerimônia foi apresentado o Prometi (Programa Municipal de Educação Integral na Rede), que é uma vertente do “Mais Educação Maricá”, e consiste em fomentar a educação integral dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental, unindo pais, alunos, professores e a comunidade nas escolas, com a carga horária de 9 horas diárias. O programa desenvolve atividades físicas, didáticas e de entretenimento com os estudantes, como karatê, dança, futsal, reforço escolar, dentre outras ações.

Participam do Prometi 19 escolas e, de acordo com a superintendente de Educação Integral na cidade, Angélica Neto, a meta é atingir 50% das escolas municipais de Maricá. “Estudamos o Programa Municipal de Educação e queremos inserir o modelo de educação integral nas demais escolas. O resultado nas 19 escolas está sendo incrível”, disse. “Educação Integral é você trabalhar o ser humano num todo, desempenhando atividades que melhorem seu desempenho social”, concluiu.

O secretário adjunto de Educação de Maricá, Daniel Neto, salientou a importância da educação integral na formação da criança. “Educação integral deixa a escola mais humana. Ver essas crianças participando de atividades didáticas que contribuem para um melhor desenvolvimento nos mostra que estamos no caminho certo. É um modelo que deveria ser aderido por todas as prefeituras”, disse. “É um processo de formação humana, estimulando as mais diversas vocações que as crianças podem ter. Educação integral forma e desenvolve o cidadão brasileiro”, completa o secretário executivo de Políticas Sociais, Alexandre Rodrigues.

Durante o evento, alunos do Ensino Fundamental da Escola Municipal Darcy Ribeiro deram um show à parte, tocando ritmos do funk e axé em instrumentos de percussão. Já as crianças da Escola Municipal Guaratiba reproduziram sons musicais com copos de plástico, a famosa “música do copo”.