Saúde faz capacitação para dentistas do município

0
736
O bucomaxilo Ronan Matheus falou sobre as lesões de face e como o atendimento inicial adequado ajuda no tratamento

A Secretaria Municipal Adjunta de Saúde, por meio das coordenações de Saúde Bucal e de Educação Permanente de Maricá realizou nesta terça-feira (27/10), na UPA de Inoã, a capacitação sobre ‘Traumatismo Bucomaxilofacial’ destinada aos dentistas da unidade no que diz respeito ao atendimento e à intervenção inicial ao paciente com lesão bucomaxilofacial.

O palestrante foi Ronan Matheus Virgílio da Silva, professor de Odontologia da Universidade Estácio de Sá e de Atualização em cirurgia da Associação Brasileira de Odontologia de Niterói. Segundo ele, a aula tem como foco o momento em que o profissional se vê diante de uma lesão em face. “Trazer essa capacitação tem como finalidade o atendimento inicial, o início da resolução do caso”, acrescentou. Dentre os assuntos abordados, estavam medicação; estudo de casos clínicos; anamnese (entrevista realizada pelo profissional de saúde ao paciente); tratamentos e outros. Ronan explicou ainda alguns tipos de lesões na face. “Algumas são decorrentes de agressões, acidentes automobilísticos ou por projéteis de arma de fogo”, exemplificou. “É gratificante quando conseguimos fazer a diferença para o paciente”, finalizou.

“Nossa intenção é trazer e englobar conhecimentos teóricos voltados ao atendimento emergencial”, avaliou a coordenadora de Saúde Bucal da secretaria, Márcia Serafim. Para a coordenadora de Educação Permanente da UPA, Andréa Figueiredo, o encontro foi importante como forma de atualizar os profissionais. Nilcinéa Ferreira, subsecretária de Urgência e Emergência que também é bucomaxilofacial, participou da ação. “Capacitação é sempre bem vinda. Vindo de um bucomaxilo é melhor ainda. Ela vem para aperfeiçoar o atendimento clínico da UPA”, afirmou. Dez dentistas clínicos participaram, fizeram perguntas e aprovaram a atualização. É o caso de Magnus Fernandes. “É muito válida a promoção de palestras que atualizem conhecimentos necessários para o atendimento emergencial que chega a UPA”, afirmou. Para Antônio Ricardo Olival todo aprendizado é válido. “Rever assuntos e relembrá-los faz com que a gente reveja nossos conceitos”, destacou o dentista. O encontro contou também com a presença do médico Paulo Abi Ramia, diretor geral da UPA.