Carros estacionados irregularmente serão rebocados no Centro de Maricá

0
1777
Carros estacionados irregularmente vão começar a ser rebocados no Centro de Maricá

Após campanha educativa de trânsito nas ruas de Maricá, a Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Pública inicia nesta segunda-feira (9/2) uma série de ações repressivas para organizar a circulação e o estacionamento de veículos nas ruas. A partir desta data, quem parar em local proibido na região do Centro da cidade terá o carro rebocado e levado para o Pátio Legal, depósito municipal na altura do km 22 da RJ-106, sentido Niterói, em São José de Imbassaí.

De acordo com o órgão, dois veículos de reboque vão estar nas ruas e levar os carros que forem encontrados pelos agentes de trânsitos nas áreas já sinalizadas. Na primeira semana, as operações – que terão apoio da Guarda Municipal – vão se concentrar  nas áreas mais movimentadas do Centro e suas imediações, mas poderão se estender já durante o Carnaval a outros bairros onde há grande procura e concentração de trânsito, como Barra de Maricá, Itaipuaçu, Ponta Negra e Espraiado. O motorista que tiver o carro rebocado precisará comparecer ao depósito da Prefeitura para retirar uma guia do DARM, que deverá ser pago numa agência bancária. No mesmo local, também será entregue a relação de documentos necessários para a comprovação de titularidade do bem e da situação do veículo. 

“Tivemos um longo tempo para informar aos cidadãos sobre as regras de estacionamento, agora vamos começar a agir para moralizar o trânsito da cidade. No entanto, teremos agentes que estarão reforçando as informações e atentos a situações específicas, como no caso de uma pessoa portadora de deficiência precisar desembarcar em um determinado local, por exemplo. No mais, vamos atuar com rigor”, garantiu o superintendente de operações, Cleber da Silva.

Na campanha educativa que começou em novembro, os agentes circularam pelas ruas e distribuíram panfletos com informações sobre estacionamento e uso de som automotivo em determinados locais. Foram dadas orientações e advertências verbais aos motoristas, e adesivos foram colados em alguns carros parados em locais irregulares.