2ª Parada do Orgulho LGBT reúne cerca de duas mil pessoas no Centro

0
886

No último domingo (14/12), cerca de duas mil pessoas participaram da 2ª Parada do Orgulho LGBT de Maricá, com o lema "Por uma Maricá Sem Machismo, Sem Racismo e Sem Homofobia". O evento, realizado pelo Grupo Humanos Cidadania LGBT, com apoio da Prefeitura de Maricá, teve desfile, com o reforço de dois trios elétricos ao som dos DJs Carol Sabá, Dani e Mel, na Avenida Francisco Sabino da Costa até a Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel.

A cantora Geane Melo fez a abertura da festa, cantando o Hino Nacional. Em seguida, o subsecretário municipal de Políticas da Sexualidade e Diversidade, Carlos Alves, declarou o apoio do governo às manifestações em defesa aos direitos humanos LGBT, na promoção de políticas públicas em conjunto com a sociedade civil. “Este é um evento contra o preconceito. Queremos uma sociedade sem discriminação sexual”, declarou Alves, que também coordena o Fórum Municipal de Direitos Humanos LGBT de Maricá.

Também na ocasião, o coordenador do Grupo Humanos Cidadania LGBT, Felipe Zeidan, destacou o aumento da violência homofóbica, lembrando de casos recentes. “É preciso a mobilização para lutar pela vida e pelos direitos iguais”. Após discurso, a madrinha Katya Jones da festa coroou Lunah Verdan como a rainha de 2015.

Na praça principal da cidade, a festa prosseguiu com o show das drags queens Loretta Yang, Sarah Koker, Angelika Rawaxi,  Katya Jones e Gogo Boys. A ação ainda contou com a colaboração da Secretaria Municipal de Saúde, que disponibilizou um ônibus adaptado para a execução dos testes rápidos da HIV, e pela Secretaria de Direitos Humanos, que distribuiu preservativos e panfletos sobre doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). A Parada do Orgulho LGBT de Maricá teve ainda o apoio das secretarias de Turismo e Lazer, Assistência Social, Segurança Pública e Cultura, além da Polícia Militar e empresários locais. ​