Unidades CRAS encerram oficinas 2014

0
336
Cerca de 300 alunos das oficinas participaram da cerimônia de encerramento

Na tarde desta terça-feira (09/12), foi comemorado o encerramento das atividades das sete unidades do Centro de Assistência Social (CRAS), no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), Mumbuca. A mesa de abertura do evento foi formada pelo secretário da Assistência Social, Jorge Castor; pela subsecretária da pasta, Laura Costa; pela subsecretária de Proteção Social básica, Nancy Soeiro; e também por todos os coordenadores e professores dos CRAS. Cerca de 300 alunos, dos cursos de Panificação, Manicure, Jardinagem, MDF e Biscuit, apresentaram os trabalhos desenvolvidos em sala. Já as alunas da oficina de Balé encantaram os presentes com um número especial da dança. 

O secretário de Assistência Social, Jorge Castor, agradeceu os envolvidos no projeto e informou a importância destas oficinas para a população. “Quero agradecer as famílias que confiaram no nosso trabalho durante este ano e também quero agradecer aos profissionais que desenvolveram suas atividades com muita dedicação, responsabilidade e comprometimento. Esses cursos são formas de preparar os cidadãos para tornarem-se autônomos, que podem ser utilizadas como uma alternativa na geração de renda da família. Aproveitem esta oportunidade”, parabenizou Castor.

O aluno de panificação do CRAS da Região Oceânica, Anibal Junior, de 65 anos, contou emocionado como a atividade mudou sua estima. “Eu me sentia sozinho e desmotivado em casa. Quando entrei no curso, não só me formei em algo que poderá ser mais uma fonte de renda, mas também ganhei amigos e isso foi muito importante na minha vida. Quero agradecer ao prefeito e a secretaria por este incentivo de formação e socialização que dão a população”, agradeceu Anibal.

As oficinas tiveram carga horária, em média, de 30 a 40h, com os encontros semanais. O objetivo foi de promover o fortalecimento de vínculo entre os moradores e familiares, além de dar oportunidade de formação à pessoa para produzir o que aprendeu e comercializar.