Maricá lança Programa de Qualificação Profissional

0
2326
Cerimônia de abertura do Programa de Qualificação Profissional aconteceu na sede do Flamengo e contou com a presença de autoridades municipais

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), lançou na noite de segunda-feira (21/10) o Programa de Qualificação Profissional, que tem o objetivo de capacitar os munícipes jovens e adultos, de forma gratuita, para o mercado de trabalho. As turmas dos cursos de Gestão de Resíduos Sólidos e Assistente Operacional em Logística Portuária, com 120 alunos, divididos nos turnos da tarde e noite, tiveram aula inaugural após a cerimônia de abertura do projeto, no núcleo do Flamengo (Avenida Roberto Silveira, 2.115), o primeiro a ser inaugurado. Na sede, serão ministrados, ainda neste semestre, os cursos de Auxiliar de Instalação Elétrica, Montador de Tubulações Industriais e Solda Industrial. 

A cerimônia foi iniciada com o Hino Nacional. Em seguida, a secretária de Trabalho e Emprego, Margareth Figueira, falou da importância do programa para o município. “Este não é um projeto comum. É a abertura de uma nova era para Maricá. Estamos começando uma parceria abrangente com o Senai, uma instituição prestigiada em todo o país. Alunos, sugiro que vocês agarrem esta oportunidade. O futuro espera vocês”, aconselhou.

De acordo com a coordenadora de Ações do Trabalho, Maria de Fátima Pacheco, o município está passando por uma revolução e a Prefeitura tem investido na população, com a realização de cursos profissionalizantes gratuitos. “Cada curso desse custa em média de R$ 2 mil a R$ 3 mil por aluno, totalmente pagos pelo município. O Programa de Qualificação Profissional vai capacitar o maricaense para a era de  empreendimentos, como o Comperj, o aeroporto e o Porto de Jaconé, capacitando-o profissionalmente para as novas etapas de desenvolvimento e para o mercado de trabalho, com a qualidade do Sistema S”, enfatizou.

Através do programa, serão ministrados cursos gratuitos nos três núcleos de ensino na cidade, situados no Flamengo (já inaugurado), Itaipuaçu e Inoã. “É um projeto mobilizador, um novo elo se formando. O Senai é uma instituição com 73 anos e com um nome a zelar. Teremos núcleos do Senai aqui. Só em Itaipuaçu, está sendo construído um prédio com capacidade para atender mil alunos por dia. Nossa meta é atingir 2.500 alunos no primeiro ano. Poucos municípios têm essa proposta de gestão”, disse o coordenador geral do Senai-RJ, Washington Cruz.

O marceneiro Ricardo Barbosa Gregório, de 40 anos, morador de Inoã, e seu filho Felipe Barbosa, de 22 anos, inscreveram-se para o curso de Assistente Operacional em Logística Portuária. “É mais uma profissão e opção de trabalho”, adiantou Ricardo. “Uma oportunidade que não podemos desperdiçar”, disse Felipe.

Participaram do evento, autoridades municipais, professores do Senai, dezenas de alunos, pais de alunos e convidados. Além da secretária municipal de Trabalho e Emprego, Margareth Figueira; da coordenadora de Ações do Trabalho, Maria de Fátima Pacheco; e do coordenador geral do Senai-RJ, Washington Cruz; integraram a mesa diretora do evento o presidente da AME, pastor Daniel Miguel da Silva; o presidente da Câmara de Vereadores de Maricá, Fabiano Horta; e pelo vereador Marcelo Vianna.

Inscrições abertas

Há vagas para os cursos de Pedreiro de Alvenaria; Carpinteiro de Obras; Armador de Ferragem; Aplicador de Revestimentos Cerâmicos; Eletricista de Obras; Montador de Painéis Elétricos; Pintor de Obras e Encanador de Obras, além de Desenhista de Construção Civil; Almoxarife de Obras; Auxiliar Administrativo; Auxiliar de Fiscalização Ambiental; e Comprador, que serão executados em Itaipuaçu (Av. Carlos Marighella, 160, lote 1, Quadra 14). Também estão sendo feitas as inscrições para os cursos de Soldador; Auxiliar de Padaria e Confeitaria; Operador de Computador; e Costureiro de Vestuário, que serão realizados em Inoã, na Escola Móvel (Rodovia Amaral Peixoto, km 15). A previsão de início dos cursos é para início de 2015.

Os interessados nas vagas devem comparecer ao Serviço Nacional de Emprego (Sine), que fica na Rua Domício da Gama, 391, Centro, Maricá. Para a inscrição, é necessário apresentar a cópia e original da carteira de identidade ou carteira de trabalho; CPF; comprovante de residência; comprovante de escolaridade; PIS; e duas fotos 3 X 4. O processo de seleção para as vagas será feito atendendo os seguintes critérios: renda familiar, residência em Maricá há mais de dois anos; e prioridade para os beneficiários dos programas Moeda Social Mumbuca; Minha Casa, Minha Vida; e Bolsa Família. ​