Subsecretaria de Dependência Química ganha nova sede

0
1218
Reinauguração da sede aconteceu na segunda-feira (08/09) e contou com a presença de autoridades municipais

A Subsecretaria Municipal de Prevenção e Combate à Dependência Química de Maricá ganhou nova sede, que foi reinaugurada nesta segunda-feira (08/09). No novo espaço (Rua Fulvio Chebabe Guida, 32, no Centro de Maricá), que é mais amplo, funcionará o Centro de Inclusão Digital “Ariano Suassuna”, também inaugurado na ocasião, e o Serviço de Atendimento Psicossocial – Álcool e Drogas (SAPAD), vinculado a subsecretaria. A cerimônia contou com a presença de autoridades municipais, como o secretário de Assistência Social, Jorge Castor; a subsecretária Laura Costa; o subsecretário de Dependência Química, Alan Christi; e a secretária de Educação, Adriana Costa.

Atualmente, a subsecretaria atende cerca de 90 pessoas e a nova sede comportará de melhor maneira o acolhimento aos usuários e à equipe de trabalho. No local, serão executadas as oficinas de artesanato (geração de renda), EVA, projeto do informativo “Tribuna da Vida” e trabalhos artísticos com materiais recicláveis, além da realização de grupos reflexivos com os dependentes e familiares. A equipe é multidisciplinar e é composta por três psicólogos, dois assistentes sociais,  um conselheiro em dependência química,  uma técnica de acolhimento, além da parte administrativa. De acordo com o subsecretário e psicólogo, Alan Christi, haverá sempre uma equipe de plantão (das 9h às 17h) para atender o dependente na sede da subsecretaria. “É de extrema importância atender livremente, na hora em que a pessoa chegar, os casos de problemas abusivos com álcool e outras drogas”, destacou Alan.

A secretária de Educação, Adriana Costa, alertou que é necessário dar mais atenção para as drogas acessíveis, como o álcool e o cigarro. “É importante nos conscientizar que não só as drogas ilícitas que destroem a pessoa. O álcool e o cigarro matam até mais, pois é oferecido por amigos e familiares como forma de socializar. Fico feliz que este serviço de prevenção e tratamento é realizado com competência em nosso município”, ressaltou Adriana.

Na ocaisão, o secretário de Assistência Social, Jorge Castor, elogiou a nova sede e o trabalho desenvolvido pela equipe da subsecretaria. “Fico grato pela confiança do prefeito Washington Quaquá por nosso trabalho e tenho certeza que Alan conduzirá todo este trabalho com responsabilidade”, disse Castor.

O cerimonial foi finalizado com um canto de louvor dos usuários em tratamento e com o relato de um pai. “Agradeço o empenho de todos os profissionais com o meu filho. Agora, ele está estudando e procurando emprego. Vocês resgataram o nosso convívio familiar”, agradeceu.

Sobre o Centro de Inclusão Digital “Ariano Suassuna”:

Na sede, funcionará o Centro de Inclusão Digital “Ariano Suassuna”, que tem a proposta de profissionalizar indivíduos em recuperação. O novo dispositivo socioassistencial conta com 12 computadores, que foram doados pela Petrobras, e atenderá os dependentes químicos e seus familiares, além de outros usuários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) do município. “Muitos usuários, devido ao problema da dependência química, ficam fora do mercado de trabalho e têm sua vida laborativa deteriorada”, explicou o subsecretário de Prevenção à Dependência Química, Alan Christi.