Pavimentação: 80% da meta para 2013 atingida em seis meses

0
1534
Pacote de obras da prefeitura inclui ruas por toda a cidade, como vias paralelas à RJ-106, em Inoã

Passivo histórico ainda é grande, mas secretaria municipal de Obras manterá o ritmo de intervenções

Cumprindo o compromisso de reduzir um passivo histórico de décadas, a prefeitura de Maricá já conseguiu asfaltar, em apenas seis meses, quase toda a área prevista como meta de 2013. Segundo um relatório da secretaria municipal de Obras, dos 245 mil metros quadrados projetados, 221 mil metros quadrados já foram feitos. O volume de material empregado também impressiona: desde fevereiro, as ruas de Maricá já receberam 23 mil toneladas de massa asfáltica, alcançando 78% das vias previstas – distribuídas por toda cidade.

As intervenções, feitas com recursos próprios e também em parceria com o estado, por meio do programa “Asfalto na Porta”, já beneficiaram ruas em Itaipuaçu, Parque Eldorado, Centro, Bananal, Ponta Negra, Bambuí, Inoã, Parque Nanci, Flamengo, Cordeirinho e Bairro da Amizade. Ainda de acordo com a secretaria, o ritmo intenso será mantido sempre que as condições climáticas para o trabalho permitirem.

Somente no distrito de Itaipuaçu, segundo maior loteamento do estado com 10 bairros em 5 mil hectares, foram modernizadas vias com grande fluxo de veículos e que dão acesso a RJ-106 e à orla. As intervenções aconteceram no Jardim Atlântico, com a pavimentação da Rua Governador Leonel Brizola (antiga Rua 35), paralela à praia e uma das principais vias que cruzam o distrito, no trecho entre a Rua 1 e a Rua 83.

Também foi incluída no pacote a modernização da Rua 70 (no trecho entre a Rua Governador Leonel Brizola até a praia) e da Rua 83 (entre as ruas 36 e Governador Leonel Brizola). Na Rua 36, outra paralela à praia e que também cruza o distrito, a secretaria asfaltou o trecho entre as ruas 66 (outra via importante que dá acesso a Estrada dos Cajueiros e, consequentemente, à RJ-106) e 70 e das ruas 77 até a 83. “Estamos concluindo o trecho da Rua 36 entre as ruas 70 e 77”, acrescenta o secretário municipal de Obras, Fernando Rodovalho.

Banho de asfalto

Os investimentos da prefeitura também beneficiaram neste primeiro semestre vias de outras regiões. Entre elas, a Rua Humberto Rodrigues, Avenida Beiramar e Rua Crespim Gonçalves, em Ponta Negra; ruas 6, Thomas José Fortes e Natalino José Felicíssimo, no Bananal; ruas das Águias, Canarinhos e Araras e a via paralela a RJ-106, no Parque Nanci; Avenida B (Inoã) e Avenida Antônio Calado (Bambuí); além da pavimentação no entorno dos terminais rodoviários do Centro e de Itaipuaçu.

Ainda foram asfaltadas vias do Parque Eldorado (Amilar Vicente da Silva e Rua do Canal), Centro (1º de Julho e Augusto Valadão), Raphaville (Rua A) e Flamengo (Rua Sargento Lobato). Também foram realizados serviços de recapeamento nas ruas Prefeito Hilário da Costa e Silva, Athayde Parreira e Comandante Homero Queiroz da Silva, no Parque Eldorado; Praça do Bambuí; ruas Aluísio Costa e Silva, Joaquim Mendes, Abreu Sodré e Rua 14 (entorno da Praça da Bandeira), no Centro; e a Estrada dos Cajueiros, em Itaipuaçu.

Asfalto na Porta contempla cerca de 10 km de vias

Além das intervenções feitas com recursos próprios, a prefeitura fez uma parceria com o estado, por meio do programa “Asfalto na Porta”. Cerca de 10 km de vias, num total de 20 ruas do Centro, Flamengo, Itaipuaçu, Bairro da Amizade e Cordeirinho foram modernizadas. Segundo a secretaria de Obras, o projeto, iniciado em março, foi concluído em julho com a pavimentação do último trecho da Avenida 1 (Zumbi dos Palmares), em Itaipuaçu.

Foram modernizadas 15 ruas no Centro – Vereador Francisco Sabino da Costa (uma das principais vias de acesso à cidade, pela RJ-106) e a sua extensão até as ruas Abreu Rangel e Domício da Gama; Ribeiro de Almeida e Senador Macedo Soares – que concentram boa parte do comércio central e registram grande fluxo de veículos; Rua Padre Arlindo Vieira, próximo ao hospital municipal Conde Modesto Leal; Gabriel H. Farias, Alferes Gomes, Levi Ribeiro, Prefeito Joaquim Mendes, Rua 8, Soares de Souza, Barão de Inoã, Rua Comandante Homero Queiroz da Silva; e trechos da Athayde Parreira.

O projeto também contemplou a Rua 53 (Bairro da Amizade), parte da Rua 107 (Cordeirinho) e as ruas Protázio Perez e Uirapurus (Flamengo). “Só com essa parceria com o estado, foram asfaltadas 10 km de ruas na cidade, ou seja, 20 vias importantes e de grande fluxo de veículos, fora o que pavimentamos neste primeiro semestre com recursos próprios”, reforçou o secretário Fernando Rodovalho.