400 vagas para educadores municipais participarem da 11ª Festa Literária de Paraty

0
1267
A secretaria municipal de Educação vai levar 400 educadores de Maricá para a Festa Literária de Paraty

A secretaria municipal de Educação vai levar 400 educadores de Maricá para a Festa Literária de Paraty – a Flip – um dos maiores eventos do gênero no país e que este ano será realizada de 3 a 7 de julho. Em sua a 11ª edição, a Festa Literária vai homenagear o romancista alagoano Graciliano Ramos (1892-1953), escritor do clássico “Vidas Secas” (1938) e que em 2013 completaria 120 anos.

Poderão participar da visita oficial apenas professores, regentes, diretores, diretores adjuntos e orientadores pedagógicos e educacionais da rede municipal de ensino. A visita do grupo de educadores será no sábado (06/07), com saída às 5h da Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel e retorno no mesmo dia. A secretaria custeará o transporte e os ingressos de acesso à feira.

Os interessados devem ser inscrever pelo site da prefeitura no link (http://www.marica.rj.gov.br/educacao/?ed=formulario) até o dia 20 de junho ou até o preenchimento de todas as vagas.

A secretária municipal de Educação, Marta Quinan, considera que a oportunidade é importante no processo de formação continuada dos profissionais do município “Será uma experiência única esse contato com os principais escritores do país e do mundo e a oportunidade de conhecer um município histórico como Paraty”, ressaltou.

FLIP
Dentre diversas atrações, no dia 06/07, estão previstas, às 10h, a palestra “Maus Hábitos”, com Zuca Sardan e Nicolas Behr, dois grandes satiristas brasileiros, que discutirão o estilo que ironiza costumes de forma poética e caricata. Às 12h, a relação da literatura com o cinema será explano no "Encontro com Eduardo Coutinho", sob a mediação Eduardo Escorel. Às 15h, será apresentada a palestra "O espelho da história", com o bósnio Aleksandar Hemon e Laurent Binet; com a mediação de Ángel Gurría-Quintana. Às 17h15, será apresentada a palestra "Os limites da prosa", por John Banville e Lydia Davis, com a mediação Samuel Titan Jr.; e, encerrando o encontro, às 19h30, palestra com o romancista Michel Houellebecq, com a mediação de Javier Montes.
Antes de homenagear Graciliano Ramos, a Flip prestou homenagem a Vinicius de Moraes, Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Jorge Amado, Nelson Rodrigues, Machado de Assis, Manuel Bandeira, Gilberto Freyre, Oswald de Andrade e Carlos Drummond de Andrade. Segundo o diretor-geral da Flip, Mauro Munhoz, a expectativa para esse ano é de receber entre 20 a 25 mil pessoas durante o evento.

Veja abaixo a programação completa da Flip 2013:

3 de julho – quarta-feira
19h30 – Conferência de abertura "Graciliano Ramos: aspereza do mundo, concisão da linguagem", com Milton Hatoum
21h30 – Show de abertura, com Gilberto Gil

4 de julho –quinta-feira
10h – Mesa 1: "O dia-a-dia debaixo d’água", com Alice Sant’Anna, Ana Martins Marques e Bruna Beber; mediação de Noemi Jaffe
12h – Mesa 2: "As medidas da história", com Paul Goldberger e Eduardo Souto de Moura; mediação de Ángel Gurría-Quintana
14h30 – "Mesa Zé Kleber – Culturas locais e globais", com Marina de Mello e Souza e Gilberto Gil; mediação de Alexandre Pimentel
17h15 – Mesa 3: "Formas da derrota", com José Luiz Passos e Paulo Scott; mediação de João Gabriel de Lima
19h30 – Mesa 4: "Olhando de novo para Guernica, de Picasso", com T. J. Clark; mediação de Paulo Sérgio Duarte

5 de julho – sexta-feira
10h – Mesa 5 : "Graciliano Ramos: ficha política", com Randal Johnson, Sergio Miceli e Dênis de Moraes; mediação de José Luiz Passos
12h – Mesa 6: "O prazer do texto", com Lila Azam Zanganeh e Francisco Bosco; mediação de Cassiano Elek Machado
15h – Mesa 7: "A vida moderna em Kafka e Baudelaire", com Roberto Calasso e Jeanne-Marie Gagnebin; mediação de Manuel da Costa Pinto
17h15 – Mesa 8: "Ficção e confissão", com Tobias Wolff e Karl Ove Knausgård; mediação de Ángel Gurría-Quintana
19h30 – Mesa 9: "Lendo Pessoa à beira-mar", com Maria Bethânia e Cleonice Berardinelli
21h30 – Mesa 10: "Uma vida no cinema", com Nelson Pereira dos Santos e Miúcha; medição de Claudiney Ferreira

6 de julho – sábado
10h – Mesa 11: "Maus hábitos", com Nicolas Behr e Zuca Sardan
12h – Mesa 12: "Encontro com Eduardo Coutinho", mediação Eduardo Escorel
15h – Mesa 13: "O espelho da história", com Aleksandar Hemon e Laurent Binet; mediação de Ángel Gurría-Quintana
17h15 – Mesa 14: "Os limites da prosa", John Banville e Lydia Davis; mediação Samuel Titan Jr.
19h30 – Mesa 15: "Encontro com Michel Houellebecq"; mediação de Javier Montes

7 de julho – domingo
11h – Mesa 16: "Graciliano Ramos: políticas da escrita", com Wander Melo Miranda, Lourival Holanda e Erwin Torralbo Gimenez; mediação de José Luiz Passos
13h – Mesa 17: "Tragédias no microscópio", com Daniel Galera e Jérôme Ferrari
15h – Mesa 18: "Literatura e revolução", com Tamim Al Barghoutti e Mamede Mustafa Jarouche; mediação de Arthur Dapieve
17h – Mesa 19: "A arte do ensaio", com Geoff Dyer e John Jeremiah Sullivan; mediação de Paulo Roberto Pires
18h45 – Mesa 20: "Livro de cabeceira – Convidados da Flip leem e comentam trechos de seus autores favoritos"; mediação de Liz Calder