Comunidade do Bosque Fundo recebe com aplausos nova creche em Inoã

0
3034
Prefeitura inaugura creche no bairro Inoã

A Prefeitura de Maricá realiza um sonho antigo da comunidade de Bosque Fundo, em Inoã, com a entrega da creche municipal professor José Carlos de Almeida e Silva, realizada na manhã desta sexta feira (24/05). Dezenas de famílias e autoridades prestigiaram a cerimônia de inauguração da unidade, com a área total construída de 1.118 m², que vai beneficiar 260 crianças, de dois a cinco anos.

Seguindo modelo do governo federal, o projeto é igual ao da unidade de Marilândia. São oito amplas salas de aula (seis salas de creche e duas de pré-escola), um laboratório de informática completo, sala de leitura, sala de professores e da diretoria, salas de recursos audiovisuais, almoxarifado, refeitório e banheiros, além de anfiteatro em espaço coberto, playground e espaço verde. O custo da obra foi de R$ 1,67 milhão, com a contrapartida da Prefeitura em torno de R$ 444 mil, e engloba a parte civil e os equipamentos. Os valores obedeceram à tabela de custos da Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro (Emop-RJ).

Representando o prefeito, Washington Quaquá, o vice-prefeito Marcos Ribeiro enfatizou o desejo do governo em transformar o bairro em um modelo. “Não é um anseio só do povo de Inoã, é também uma obsessão do prefeito melhorar a qualidade de vida dessa comunidade”. Marcos lembrou ainda as outras obras do governo no bairro. “Ampliamos e reformamos a Casa da Criança de Inoã e de Itaipuaçu e as Escolas Municipais Darcy Ribeiro e Aniceto Elias Antunes e nos comprometemos em urbanizar o entorno da creche”, destacou o vice-prefeito. A secretária municipal de Educação, Marta Quinan, informou que até o momento, no estado, apenas Maricá e Angra dos Reis concluíram creches pelo programa. “Temos a honra de hoje estar inaugurando essa unidade que é mais uma conquista das famílias de Maricá”, destacou. O presidente da Câmara de Vereadores, Fabiano Horta, destacou a creche como parte de um processo de desenvolvimento implementado na cidade. “Essa creche simboliza a luta por um futuro melhor para nossas crianças. Estamos vendo realidades sendo transformadas por essa administração”, frisou.

Segundo a diretora da unidade Kátia Oliveira Cruz, que há mais de 14 anos trabalha na área de Bosque Fundo (como professora na Escola Municipal Aniceto Elias Antunes e como diretora adjunta da Escola Municipal Darcy Ribeiro), a unidade vai iniciar suas atividades atendendo em período parcial. “Tivemos um número muito grande de interessados que nos motivou a criar dois horários, mas nossa intenção é buscar ampliar o atendimento para período integral”, frisou a diretora.

Público

Daniele Barbosa Soares, de 25 anos, comemorava a vaga do seu filho Júlio, de dois anos.  Mãe solteira, pretende agora conseguir um emprego para dar melhores condições ao filho. “Antes de engravidar, fazia faculdade e tinha planos de seguir carreira em Comunicação, mas tive de parar. Agora vou poder recomeçar”, destacou a moradora de Inoã. Já Francisca Wuslania de Souza Araújo, de 32 nos, mora há cinco meses em Maricá e está adorando a cidade pelas oportunidades. Ela deixou o Piauí com a pequena Efigênia, de três anos, para acompanhar o marido, que trabalha na obra do Programa Minha Casa Minha Vida de Inoã. “Aqui tenho chances que antes não eram oferecidas. Meu marido está empregado, minha filha está matriculada nessa creche e eu poderei agora buscar um emprego. Estou muito satisfeita em morar numa cidade que dá essa qualidade de vida”, elogiou.

Homenagem ao patrono
A unidade presta uma homenagem ao professor José Carlos de Almeida e Silva, falecido em dezembro passado. Referência e protagonista da história da Educação do município, José Carlos – que era também encenador, poeta, dramaturgo e ator – foi professor de várias gerações de maricaenses e secretário municipal de Educação, tendo sido também diretor de escolas da rede estadual.

A esposa do homenageado, a historiada Maria Penha de Andrade e Silva, lembrou da importância de seu companheiro no papel de marido, pai, avô, educador e artista. “Estou feliz com a homenagem para quem tanto colaborou pela educação de nossa cidade”, declarou a historiada. Também estiveram na cerimônia: a filha do patrono, Carla Fernanda Nanci; o genro, Carlos Augusto Nanci; os netos, Maria Clara Nanci e Vinícius Andrade e Silva; a nora Claudia Maria Ramos; e a cunhada Marinete Fernandes.

Além de educador, José Carlos foi homem de teatro, fundando, na Escola Estadual Dr. João Gomes de Matos Sobrinho, o grupo “DJOTA com amigos!!”. Em mais de três décadas de palco conquistou com o grupo mais de 30 prêmios, sempre divulgando o nome de Maricá.