Rede de água será ampliada em Maricá

0
3400
Após se qualificar, Roseane (à esquerda) pretende trabalhar por conta própria

Governador Sérgio Cabral virá à cidade para inaugurar aumento de vazão na região do centro, que passará a ser de 120 litros por segundo para 40 mil moradores

 
A primeira etapa do grande investimento em redes de água potável que Maricá está recebendo será inaugurada nesta segunda-feira (31/1), às 10h30, quando o governador Sérgio Cabral deverá fazer a abertura do aumento da vazão de água para toda a região do centro da cidade. Ao lado dele, estarão o prefeito Washington Quaquá e o presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), Wagner Victer.
 
Com a inauguração, a distribuição de água passará dos atuais 80 litros para 120 litros por segundo (mais de 3,5 milhões por dia, um aumento da ordem de 50%) no Centro e em bairros como Silvado, Ubatiba, Flamengo, Araçatiba, Saco das Flores e Boqueirão, entre outros. Cerca de 40 mil moradores serão beneficiados. Para isso, a ETA de Maricá também teve suas instalações ampliadas para aumentar a captação de água bruta, além de novos equipamentos e dependências.

Em todos os bairros beneficiados, foram instalados tubos de 200 milímetros de diâmetro, que chegaram a locais onde não havia água encanada fornecida pela Cedae. Isso ocorre, por exemplo, na parte alta dos bairros Boqueirão e Saco das Flores, onde a maioria das residências é abastecida por poços artesianos. Os moradores já cadastrados pela companhia aguardam agora a instalação dos hidrômetros nas casas.
 
Itaipuaçu e Inoã – Além da inauguração da expansão da região do Centro, a cerimônia será marcada pela assinatura do contrato para implantação do sistema de abastecimento em Itaipuaçu e Inoã. A licitação ocorreu no último dia 13 e o projeto prevê a instalação de mais de 200 quilômetros de dutos que levarão água a toda a região, que será abastecida a partir do sistema Imunana-Laranjal, em São Gonçalo. O investimento é da ordem de R$ 70 milhões.

Segundo o prefeito Washintgton Quaquá, o convênio está ajudando o município e alcançar a meta de ter mais de 80% do município atendido pela rede de abastecimento até o fim do mandato, em 2012. Ele lembrou que, quando assumiu o governo, em 2009, Maricá tinha apenas 10% de sua área recebendo água tratada.
 
"Realmente é um grande sonho que está se realizando. Essa parceria com o governo estadual e a Cedae já garantiu água também para Bananal, Ponta Negra e Cordeirinho, além do aumento da vazão na região do Centro. Vale lembrar também que é mais um grande investimento que estamos levando para a região de Inoã, além dos que já estão em andamento, o que não ocorria havia mais de 50 anos", ressaltou o prefeito.
 
De São José de Imbassaí ao Parque Nanci, mais redes a caminho

A expansão das redes de água em Maricá não para por aí. Dentro da verba que será destinada ao programa federal Pró-Moradia, a Prefeitura vai realizar o assentamento da rede que vai levar água à região de São José de Imbassaí e Parque Nanci, que inclui bairros como Manu Manuela, Marine e Bosque de Itapeba. De acordo com a secretária de Projetos Especiais, Luciana Andrade, a Cedae deverá fornecer a água para a rede a ser instalada a partir da que servirá a Inoã.

Luciana informou ainda que a providência é um pré-requisito para a implantação do Pró-Moradia na região. Para que sejam realizadas as obras que vão levar novas moradias àquela região, o governo federal exige que os locais contemplados contem com infraestrutura básica de moradia.

Outra novidade anunciada pela secretaria foi a aprovação, pelo Ministério das Cidades, de um termo de referência com os detalhes de um projeto que prevê a captação para Maricá das águas do rio Caceribu – que corta o município vizinho de Tanguá – ou da lagoa de Juturnaíba, que fica em Silva Jardim e é responsável pelo abastecimento na maior parte da Região dos Lagos. Agora, falta a elaboração do projeto em si com a estimativa de custo para ser remetido ao ministério.
 
Segundo Luciana Andrade, uma vez concretizado, o projeto seria a solução definitiva de todo e qualquer problema de abastecimento de água na cidade.
 
"O prefeito e sua equipe trabalham sem parar em busca benefícios como esse, que seria o fim de um problema histórico em Maricá. É importante lembrar que essa forte parceria como governo estadual facilita a implementação desses projetos", ressaltou a secretária.
 
.